31/01/09

18 convocados para a segunda visita a Coimbra esta época.

Segunda e última visita do Estrela a Coimbra para defrontar a Académica esta temporada futebolistica. Este será o terceiro embate entre as formações, tendo os outros dois sorrido ao nosso Estrela que venceu ambos. Na 1ª volta o Estrela bateu a Académica com golo de Celsinho, e na Taça de Portugal o Estrela venceu igualmente pelo mesmo resultado só que o golo da vitória foi apontado por Silvestre Varela.

Lázaro que para este jogo vai ser obrigado a mexer no seu "onze", visto que Celestino está lesionado e vai estar fora num período que pode chegar ás 3 semanas. Para o seu lugar a escolha deverá caír sobre um destes dois homens: Celsinho ou Jardel, mas se Lázaro quiser apostar na surpresa poderá também colocar o jovem Jorge Monteiro, certas no meio-campo serão as presenças de Marcelo Goianira como médio mais defensivo, e Fernando Alexandre ligeiramente mais à frente.

Lázaro que fez hoje após o último treino antes da partida a antevisão da mesma, e diz esperar um jogo díficil, mas diz que o único resultado que pretende é a vitória.


"É mais um jogo difícil, a Académica vem de um bom resultado frente ao Vitória de Guimarães, mas nós também estamos numa fase positiva e vamos discutir o resultado, trazer pontos" disse Lázaro.

Apesar dos cinco lesionados no plantel (Filipe Mendes, N'Diaye, Daniel Mustafá e Nélson Pedroso) , ao qual se juntou Celestino após se ter lesionado no jogo com o Rio Ave no José Gomes no sábado passado, e a saída de Gonzalo Garavano para o Portimonense, a viagem de Hugo Carreira à China, e ainda a não inscrição de Tengarrinha na Liga, Lázaro garantiu que estas situações não influenciaram negativamente a equipa.

"Os jogadores estão imbuídos do espírito de conseguir um bom resultado", sublinhou o nosso treinador.

Sobre a possível saída do capitão Hugo Carreira, Lázaro disse apenas: "Não é um dado adquirido, não conto com ele esta semana. Vamos ver."

Últimos confrontos:

Académica 0-1 Est.Amadora - Taça de Portugal Millennium 2008/2009
Académica 3-3 Est.Amadora - bwin LIGA 2007/2008
Académica 2-0 Est.Amadora - bwin LIGA 2006/2007
Académica 1-0 Est.Amadora - Liga betandwin.com 2005/2006
Académica 4-1 Est.Amadora - SuperLiga 2003/2004
Académica 0-1 Est.Amadora - II Liga 2001/2002
Académica 2-2 Est.Amadora - Liga Portuguesa 1998/99
Académica 0-1 Est.Amadora - Liga Portuguesa 1997/98

Lista de convocados:

Guarda-redes: Nelson e André Marques.

Defesas: Ney dos Santos, Vítor Moreno, Hugo Gomes, Nuno André Coelho, Vítor Vinha.

Médios: Pedro Pereira, Marco Paulo, Luís Vidigal, Jardel, Marcelo Goianira, Fernando Alexandre, Celsinho e Jorge Monteiro.

Avançados: Anselmo, Rui Varela e Silvestre Varela.

Muita força aos nossos jogadores para esta partida, e que consigam trazer todos os pontos em disputa e importantes para o nosso clube, num estádio dum adversário directo na fuga à despromoção, tal como aconteceu com o Rio Ave. FORÇA GRANDE ESTRELA!!!! Um Clube, Uma Cidade, Paixão que nos move!!!! ESTRELA SEMPRE!!!!

Hugo Carreira de viagem à China.

O central e nosso capitão, Hugo Carreira encontra-se na China, à procura de um clube que lhe possa oferecer um grande contrato, e que com esse contrato e contratação por parte de um emblema Chinês, o Estrela possa ter um encaixe financeiro.

O central foi devidamente autorizado pela direcção Tricolor à China, tal como confirma o presidente António Oliveira: "O Carreira pediu para ir à China e não nos opusemos" disse o presidente.

Hugo Carreira estará assim ausente dos trabalhos Tricolores na próxima semana, e só deverá regressar na semana seguinte. Hugo Carreira não tem vindo a jogar regularmente, e até Luís Vidigal tem sido mais opção para jogar ao lado do indiscutivel Nuno André Coelho no eixo da defensiva Tricolor.

Vamos aguardar então desenvolvimentos deste caso, e se vai concretizar a saída de Hugo Carreira do nosso clube.

Gonzalo Garavano rescinde e vai para Portimão.


Gonzalo Garavano rescindiu ontem o seu contrato de forma amigável com o nosso clube, e vai assinar contrato até ao final da época com o Portimonense. O ponta-de-lança argentino nunca foi primeira opção tanto de Lito Vidigal, como de Lázaro Oliveira, e sendo assim rumou a outras paragens, Gonzalo que tinha dito que pretendia ficar no Estrela até ao fim do seu contrato acabou por dar um rumo na sua carreira e agora procurar a sorte no clube algarvio.

Gonzalo Garavano era um jogador que no inicio desta época prometia muito, e podendo mesmo vir a ser o avançado chave que o Estrela procurava, mas tal não veio acontecer.

Gonzalo também talvez se possa queixar um pouco de falta de oportunidades, e o mesmo pensamento tem os adeptos Estrelistas, que raramente viram o atleta jogar com a nossa camisola.

Ficam os votos de sorte e felicidade para o Gonzalo Garavano, e para a sua nova etapa na sua carreira desportiva.

30/01/09

Celestino três semanas de fora.

O médio Tricolor, Celestino será o grande ausente para o jogo do próximo domingo ante a Académica, no Estádio Cidade de Coimbra.

O jogador, que se lesionou no jogo com o Rio Ave na última jornada (15ª), foi substituído aos 27 minutos por Jardel, foi reavaliado pelo departamento médico do nosso clube e a conclusão foi clara: lesão muscular no adutor da coxa esquerda, a qual lhe deverá custar um afastamento da competição de cerca de três semanas.

Assim, Celestino não só falhará o jogo de domingo em Coimbra, com a Académica, como também a importante receção ao Vit.Setúbal, a 8 do próximo mês. E não é certo que já esteja em condições na 18ª jornada, agendada para 15 de Fevereiro, quando a nossa equipa se deslocar à Ilha Madeira para defrontar o Marítimo. A 17 de Fevereiro, lembre-se, o Estrela tem um importante jogo para a Taça de Portugal a contar para os Quartos-Final da Taça de Portugal Millenium, em Guimarães.

Celestino tem sido uma peça fundamental na equipa Tricolor, tanto com Lito Vidigal, e actualmente com Lázaro. Celestino cumpriu até ao momento 12 jogos tendo marcado um golo, em Matosinhos frente ao Leixões na cobrança de uma grande penalidade. que deu o empate frente à turma do Mar.

28/01/09

Rui Varela em entrevista ao jornal ABola.


Estreante na Liga, o avançado apontou diante do Rio Ave o seu primeiro golo no grande palco do futebol. Um golo especial, marcante, que diz, procurava desde o início da carreira. Porém, acredita que será o primeiro de muitos. Ele que já havia marcado nada mais que … 63 golos e campeonatos nacionais de II e III Divisões.

P: Estreou-se a marcar na Liga após seis meses na Reboleira. Ansiava por este momento, tendo em conta os muitos golos que apontou em divisões inferiores?

R: Foi sem dúvida o mais marcante de todos os golos. Nem queria acreditar. Desde miúdo que sonhava em marcar na Liga. Será momento que irei guardar para sempre. Um avançado vive de golos e não estava habituado a estar tanto tempo em jejum [risos]. Posso dizer que não houve nenhum como o … 64º golo.

P: Ser goleador na Liga é tarefa mais complicada?

R: Sim, claramente. É muito mais exigente. A competitividade é maior e existe menos espaço. Felizmente, penso que a minha fase de adaptação à Liga está ultrapassada e este terá sido o primeiro de muitos golos.

P: Esperava nesta altura estar com mais golos?

R: Não gosto de pensar assim. Trabalho para jogar sempre. Tenho entrado, fiz alguns jogos como titular, e os golos vão aparecer. Pensava ter mais, é verdade, mas existem outros jogadores que pensam o mesmo. Estou feliz porque tenho tido oportunidades. Há que esperar pelo momento certo.


P: Está a atravessar o melhor momento na Amadora?

R: Se atendermos ao golo poderá dizer-se que sim. Mas sou sempre a mesma pessoa e trabalho sempre da mesma forma. Acredito que posso dar muito mais ao clube. Nunca estou satisfeito.

P: Chegou a representar o Benfica nas camadas jovens. Espera ainda voltar a ter oportunidade num clube de outra dimensão?

R: Acredito sempre mas sei que não será fácil atingir uma meta dessas. Por agora só penso em ajudar o Estrela e nada mais. Mas quem sabe…O futuro de um jogador nunca está definido.

P: Apesar dos problemas financeiros que são conhecidos a equipa ganha jogos. Concorda que o Estrela já ganhou o título de campeão do trabalho?

R: Todos sabem os nossos problemas, mas o grupo tem dado provas de que está unido. Ninguém transporta as tristezas para dentro de campo. Só os jogadores de grande espírito conseguem fazer o que estamos a fazer. Quem está de fora não tem a verdadeira noção das dificuldades que atravessamos.

P: Como se podem explicar estes resultados sem receberem há três meses?

R: Muitos são jogadores que estão pela primeira vez na Liga e todos pretendem mostrar trabalho. Essa tem sido a grande razão para manter o grupo motivado.

P: Porém, nem todos passam pelas mesmas dificuldades, como os jogadores cedidos pelos grandes. Como é vivida essa situação no balneário?

R: Todos tem sido formidáveis. Quando têm que falar, falam abertamente dos problemas com todos. Eles sabem que se não estivermos bem eles também não estarão. Quer dos jogadores mais experientes quer dos emprestados. Todos partilham das mesmas tristezas e alegrias.

P: Sem salários em atraso o Estrela estaria muito melhor na classificação?

R: Penso que o problema não passa por aí, uma vez que nunca mostrámos estar desmotivados.

P: Até onde pode chegar a equipa esta época?

R: A manutenção, que está cada vez mais perto, é o nosso patamar. Acho que isso até vai ser facilmente conseguido. Mas, na verdade, queremos sempre mais. Já conseguimos mostrar o nosso valor e podemos continuar a subir na tabela. Já se viu que o problema do clube é mesmo só os ordenados e não o grupo. Porque temos equipa…


Golos de Rui Varela:

2008/09: Est.Amadora – 1 golo
2007/08: O.Moscavide – 15 golos
2006/07: Atlético – 5 golos
2005/06: Atlético – 19 golos
2004/05: Barreirense – 2 golos
2003/04: Atlético – 14 golos
2002/03: Juv.Évora – 8 golos
2001/02: Benfica “B” – 0 golos

Total: 64 golos

Movimento "SEMPRE TRICOLORES!"


Deixo-vos por informação mandada pelos amigos do Movimento SEMPRE TRICOLORES, da Assembleia Geral do nosso clube, que se vai realizar no próximo dia 6 de Fevereiro (sexta-feira), pelas 20h30m nos Recreios Desportivos da Amadora, onde os pontos principais serão a apresentação e votação das contas de 2005/06 e 2006/07; ratificação da designação da Sociedade Revisores Oficiais de Contas para os mandatos cobrindo as Épocas acima mensionadas, bem como as de 2007/08 e 2008/09; e informação detalhada aos sócios da situação económica e financeira do clube.


Em baixo fica o comunicado por parte dos responsáveis do nosso Movimento:

"Caros Amigos,

Não tendo sido dada pelo Sr. Presidente da Assembleia Geral qualquer resposta ao nosso Fax de 21.09.2009, presumimos que o documento assinado pelos Sócios do CLUBE DE FUTEBOL ESTRELA DA AMADORA, nosentido de ser prestada em sede própria a devida informação sobre areal situação financeira da Instituição, está em completa conformidade com os requisitos previstos nos Estatutos do Clube.

Acima de tudo prevaleceu o bom senso, tendo em atenção a convocatória publicada no Diário de Notícias para a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária no dia 6 de Fevereiro de 2009, considerando que um dos pontos da ordem de trabalhos é a informação detalhada aossócios da situação económica e financeira do Clube.

Cumprido o primeiro objectivo do Movimento, concentramos agora energias na divulgação e valorização desta reunião magna, procurando motivar a presença massiva de Sócios do ESTRELA e sensibilizando a Família TRICOLOR para a importância e responsabilidade do momento.

Um Abraço
Sempre Tricolores"

25/01/09

Académica Vs. EST.AMADORA - Domingo 02/02 - 16H!

O nosso Estrela desloca-se na próxima jornada, que se realiza no próximo fim-de-semana, a Coimbra pela segunda vez esta época, visto que o nosso clube já jogou em Coimbra frente a Académica em Novembro para a Taça de Portugal, jogo que o nosso Estrela venceu por 1-0 com golo de Silvestre Varela (foto do jogo em questão). Na 1ª volta o Estrela também venceu pelo mesmo resultado, só que o golo do triunfo teve outro autor, Celsinho.

O Estrela agora na entrada da 2ª volta, quer continuar na onde de bons resultados, e trazer pontos de Coimbra será excelente para manter o actual 8º lugar da classificação. Caso a Académica vença poderá ultrapassar o Estrela na tabela, e com conjugação de outros resultados.

O Jogo entre Estudantes e Tricolores está marcado para o próximo domingo (02/02), com o pontapé de saída a ter inicio ás 16h no Cidade de Coimbra.

Programa da 16ª Jornada da Liga Sagres:

Sexta-feira - 30/01:
Vit.Setúbal Vs. Vit.Guimarães - 20h30m (SportTV1)

Sábado - 31/01:
Trofense Vs. Sporting - 18h (SportTV1)
Benfica Vs. Rio Ave - 19h45m (RTP1)

Domingo - 01/02:
Académica Vs. Est.Amadora - 16h
Marítimo Vs. Naval - 16h
Nacional Vs. Leixões - 16h
Belenenses Vs. Porto - 18h (SportTV1)
Sp.Braga Vs. P.Ferreira - 20h (SportTV1)

Miki Fehér, faz hoje 5 anos.


Faz hoje 5 anos que o futebol português foi assombrado pela morte de Miki Fehér em pleno Estádio D. Afonso Henriques em Guimarães, no jogo Vit.Guimarães Vs. S.L.Benfica. A morte chocou todo o país que viu em directo a morte do jovem avançado húngaro com apenas 24 anos. Não podia deixar passar e desta forma fica a homenagem feita da minha parte aqui no Blog do Estrela. MIKI ATÉ SEMPRE!!!!!!

Resumo do EST.AMADORA 2-0 Rio Ave.

Reacções de Lázaro e Silvestre Varela.


Lázaro: "Uma vitória justa".

"Penso que foi uma vitória justa, que fomos a melhor no terreno e a única que quis ganhar. A vitória assenta bem ao Estrela."

[Sobre os ordenados em atraso] - "Os jogadores quando entram em campo não pensam nisso, é evidente que depois destes brilhantes resultados e destes brilhantes jogos penso que se devia olhar um bocadinho mais para estes jogadores."

[Se é um recado à Direcção] - "Peço é que, realmente, os assuntos se resolvam, para bem da equipa. É muito difícil manter a união neste grupo com a situação que temos atravessado e, como sabem, está a findar o período de inscrições e há jogadores com mercado que poderemos perder."

[Se a equipa também se exibe para novos contratos] - "Penso que sim. Primeiro, penso que estão concentrados no Estrela, de fazer o melhor possível, mas também é evidente que quanto melhores forem os resultados melhor para eles, porque há outras equipas a observá-los. Peço à Direcção é que rapidamente resolva este assunto. Prazos não existem, mas conto que a situação se resolva a breve trecho."

[Sobre reforços] - "Estou extremamente satisfeito com o que tenho, é muito importante manter estes jogadores, independentemente de vier mais alguém."


Silvestre Varela: "Espero continuar assim".

"Penso que a nossa equipa está bem, estamos a atravessar uma boa fase, fico contente de estar a contribuir com o meu valor e espero continuar assim."

[Sobre o interesse de outros clubes] - "Tenho contrato com o Estrela até ao final da época e pretendo cumpri-lo. Estou com a cabeça apenas no Estrela. Dificuldades financeiras? Penso que o clube vai ultrapassar a situação e vamos ficar todos bem."

[Se as suas exibições são uma resposta ao Sporting] - "Não, penso que só tenho de fazer o meu trabalho, respeito o Sporting e o que quero agora é dar o salto para um clube de maior dimensão. Sim, o estrangeiro é uma possibilidade."

[O que sentiu perante Miguel Lopes] - "Penso que o Miguel é um excelente jogador, mas a nossa equipa conseguiu explorar por aquele lado e estamos todos de parabéns."

EST.AMADORA 1-0 Rio Ave.

Mais uma vitória muito importante para o nosso Estrela, que volta a bater no seu reduto um adversário directo à despromoção, e alargando a vantagem sobre o mesmo. Uma vitória justa sobre o Rio Ave por 2-0, com os golos a serem apontados pelos Varelas da nossa equipa, Silvestre e Rui.

Houve sempre mais Estrela em jogo que Rio Ave, que é uma equipa que mostra muito pouco futebol, mas talvez com a entrada de novos reforços possa melhorar. O Estrela apesar de só ter chegado ao golo a um minuto do intervalo, quase à mesma altura que Anselmo tinha feito o tento da vitória sobre a Naval no ínicio do mês, já tinha tido oportunidades para fazer o golo, principalmente uma por intermédio de Fernando Alexandre após canto de Pedro Pereira, onde o médio Tricolor com todo os espaço junto ao 2º poste demorou a rematar e permitiu a intervenção do guardião do Rio Ave. Até que nos instantes finais da 1ª parte, uma das várias excelentes jogadas pelas alas, que Hugo Gomes cruza, apesar de sofrer uma entrada dura de Rogério Matias que daria penalty, Silvestre Varela apareceu no coração da área e fuzilou Márcio Paiva com uma excelente conclusão, um belo golo.

O Estrela chegou ao intervalo justamente na frente do marcador, e na 2ª parte o Rio Ave nunca foi uma equipa que conseguiu criar grandes dificuldades ao último reduto Tricolor, jogava mais o Estrela atrás por seu vontade, do que a turma de Vila do Conde pela sua pressão. O 2º golo surgiu a 5 minutos do final do encontro, após pontapé longo de Nélson, Gaspar foi anjinho perante a forte pressão de Rui Varela que lhe tirou a bola, e com classe, um remate em arco e a bola a beijar as redes do Rio Ave pela 2ª vez e a fechar as contas deste encontro, que terminou com uma boa vitória por parte dos nossos grandes jogadores. Próxima jornada (16ª e 1ª da 2ª volta) o nosso Estrela vai ao Estádio Cidade de Coimbra defrontar a Académica. FORÇA ESTRELA!!!!

Liga Sagres - 15ª jornada:
Estádio: José Gomes, na Amadora.
Espectadores: 600.
Árbitro: Bruno Esteves (A.F.Setúbal)

C.F.Est.Amadora 2-0 Rio Ave:

Golo(s): Silvestre Varela 44m e Rui Varela 85m.

C.F.Est.Amadora: Nelson; Hugo Gomes, Luís Vidigal, Nuno André Coelho, Vítor Moreno; Marcelo Goianira, Fernando Alexandre, Celestino (Jardel 29m); Pedro Pereira (Celsinho 67m), Anselmo (Rui Varela 77m) e Silvestre Varela.

Suplentes não utilizados: André Marques, Hugo Carreira, Vítor Vinha e Ney Santos.

Treinador: Lázaro Oliveira.

Rio Ave: Márcio Paiva; Miguel Lopes, Gaspar, Bruno Mendes, Rogério Matias, Délson, André Vilas Boas, António Livramento (Tarantini 68m), Vítor Gomes (Pedro Moutinho Int), Evandro e Chidi (Fábio Coentrão Int).

Suplentes não utilizados: César, Fábio Faria, Wires e Ronaldo.

Treinador: Carlos Brito.

24/01/09

T.Portugal: Vit.Guimarães Vs. EST.AMADORA - 17/02 - 18h45m!



Já são conhecidos os horários dos jogos dos Quartos-de-final da Taça de Portugal Millennium, que serão disputados nos dias 28 e 29 de Janeiro e 17 de Fevereiro.


Precisamente no dia 17 de Fevereiro vai ser quando o nosso Estrela entra em campo para discutir com o Vitória Minhoto a desejada passagem ás meias-finais da competição. Um adiamento que não se percebe muito bem para as nossas cores, e que fica com a impressão que este adiamento beneficia muito mais a turma Vitoriana, visto que nesta altura o Vitória de Guimarães tem vários jogadores importantes lesionados, e os reforços ainda não se adaptaram totalmente. Mesmo assim o nosso Estrela vai estar em Guimarães para ganhar e seguir para as meias-finais da prova, e dar uma grande alegria a todos nós!

Programa dos Quartos-de-final:

Quarta-feira - 28 Jan:
Paços de Ferreira (L) Vs. Naval (L) - 15h
FC Porto (L) Vs. Leixões (L) - 20h45m (TVI)

Quinta-feira - 29 Jan:
Atlético de Valdevez (II) Vs. Nacional (L) - 20h15m (SportTV1)

Terça-feira - 17 Fev:
Vit.Guimarães (L) Vs. Est.Amadora (L) - 18h45m (TVI)

23/01/09

20 convocados para receber o Rio Ave.

Após dois meses e meio depois, Celsinho volta a entrar numa convocatória Tricolor. O jogador brasileiro que esteve suspenso por razões disciplinares e que esteve com um pé fora do Estrela, está de volta, e continua a ser, para Lázaro, uma opção para si.

"Continuo a contar com o Celsinho. Agora é um regresso às convocatórias. É uma mais valia, uma ajuda para o grupo e é isso que o grupo espera dele" sublinhou o nosso treinador.

A última vez que Celsinho tinha sido convocado foi no último dia 2 de Novembro, na altura que o Estrela recebeu o Belenenses, e mesmo assim não foi opção para Lito Vidigal, tendo ficado na bancada.

Com o final da 1ª volta, Lázaro espera manter na 2ª a sequência de bons resultados, para chegar aos 30 pontos no fim do campeonato, e o jogo deste sábado é preponderante para esse objectivo.

"Vai ser um jogo extremamente difícil, contra um adversário directo, mas o Estrela está motivado para os bons resultados e uma vitória dá-nos a possibilidade de terminar esta fase na primeira metade da tabela" disse.

Quanto a possíveis reforços, o técnico continua a dizer que "necessita de mais um ou outro elemento no setor ofensivo", mas não comenta uma possível vinda de Rabiola para o nosso clube. "Só vou falar caso se concretize. Não vale a pena estar com especulações" referiu.

Sobre os salários em atraso (o de Dezembro venceu a 15 de Janeiro), Lázaro apenas disse que "o grupo tem sido posto a par da situação pelo Director-Geral" e os jogadores têm a sua "total solidariedade em qualquer decisão que tomarem".

Últimos Confrontos:

Est.Amadora 0-0 Rio Ave - Liga betandwin.com 2005/2006
Est.Amadora 1-4 Rio Ave - SuperLiga 2003/2004
Est.Amadora 2-0 Rio Ave - II Liga 2002/2003
Est.Amadora 1-0 Rio Ave - II Liga 2001/2002
Est.Amadora 1-0 Rio Ave - Liga Portuguesa 1999/00
Est.Amadora 1-0 Rio Ave - Liga Portuguesa 1998/99
Est.Amadora 1-2 Rio Ave - Liga Portuguesa 1997/98
Est.Amadora 0-0 Rio Ave - Liga Portuguesa 1996/97

Lista de convocados:

Guarda-redes: Nelson e André Marques.

Defesas: Ney dos Santos, Vítor Moreno, Hugo Gomes, Nuno André Coelho, Hugo Carreira e Vítor Vinha.

Médios: Pedro Pereira, Marco Paulo, Luís Vidigal, Jardel, Marcelo Goianira, Celestino, Fernando Alexandre, Celsinho e Jorge Monteiro.

Avançados: Anselmo, Rui Varela e Silvestre Varela.

Todos ao Estádio apoiar os nossos grandes jogadores, e ajudar a conquistar mais estes 3 importantes pontos, mais uma vez contra um adversário directo na fuga à despromoção. Apelo a todos os Estrelistas e Amadorenses que venham ao Estádio, apoiar e levar o nosso clube à vitória. FORÇA GRANDE ESTRELA!!!! Um Clube, Uma Cidade, Paixão que nos move!!!! ESTRELA SEMPRE!!!!

21/01/09

C.F.Estrela da Amadora - 22/01/1932 - 77 Anos!


O nosso Estrela está de parabéns! O nosso clube faz hoje precisamente 77 anos de existência, e apaga então mais uma vela no bolo de aniversário. Instituíção de Utilidade Publica, com história no desporto nacional, que deve ser do reconhecimento de todos, os Estrelistas e adeptos de outrs instituíções.

A verdade é que o nosso clube passa por tempos dificeis, por vários motivos, onde cada um terá a sua opinião e seu ponto de vista, de onde esses problemas apareceram. A verdade é que esses problemas existem, e cabe a nós, sócios do C.F.Estrela da Amadora, arranjar soluções e mudar a situação, contra tudo e contra todos, passando por cima e com classe, como já no ocorreu no passado, por cima desses mesmos problemas e partir à conquista de novas vitórias no plano desportivo.

É triste ver, por vezes como o nosso clube amado é tão mal tratado na praça pública, começando pelos Amadorenses, que há uns anos para cá estão de costas viradas para com o maior clube e o orgulho desta cidade, por adeptos de outros clubes (o que acaba por ser natural, mas nem sempre pelo que acontece dentro das 4 linhas, porque aí muitas das vezes, o nosso clube é superior), e comunicação social, comunicação social que o seu dever é ser imparcial, não puxar nem para um lado, nem para o outro, mas sim falar a verdade e constactar os factos, o que por vezes não acontece, e quase sempre em prejuízo da imagem do nosso Estrela, infelizmente.

Está na altura de acordar para realidade, principalmente para quem dirige o clube, e para alguns sócios, que parecem que ainda não tem a consciência do perigo que o clube atravessa neste momento. A falta de diálogo é enorme entre direcção e sócios, para mal do nosso clube, o drama dos salários em atraso continua, palavra neste dia para os nossos jogadores, que tem sido gigantes em honrar a nossa camisola, para eles o nosso obrigado é pouco. A única coisa que podemos fazer para estar ao lado deles, é todos os fins-de-semana estar na bancada a apoiar o nosso clube e os nossos grandes jogadores. E daqui vai ao encontro do que acima referi em relação a adeptos de outros clubes, que fazem piadas baratas com a situação dos salários que "sem receber o Estrela vence", "o que está a dar é não pagar que dessa forma os objectivos são alcançados". Perante isto digo: Se então é assim, porque é que os que ganham milhões neste país dos clubes ditos "grandes" não cumprem dentro do campo e só choram pelas arbitragens? Que arranjam mil desculpas porque perderam quele jogo e que tem "de levantar a cabeça", tão quer dizer que andam de cabeça baixa é? porquê? Recebem bem, a tempo e horas, só tem de cumprir e correr mais que os heróis do Estrela! É simples.

Amigos não me alongo mais, e deixar de entrar em picardias, porque neste momento não vale apena, apelo sim à união da familia Tricolor, para ultrapassar as adversidades que a vida nos coloca na frente, e com amor ao clube, e com muita cabeça fria, apontar as causas dos problemas e criar as soluções para os mesmos, e que daqui a um ano, estamos cá para nos orgulhar do que fizemos pelo nosso clube do coração, porque sim, há pessoas que tem como único clube, dono do seu coração, o Clube de Futebol Estrela da Amadora!!!!

Um grande abraço para todo o mundo Estrelista, e um feliz dia 22 de Janeiro de 2009!!!!

Um Clube, Uma Cidade, Paixão que nos move!!!! ESTRELA SEMPRE!!!!

Sócio 3772 - João C.S. Palma - Dono do Blog do Estrela da Amadora

Filipe Mendes de fora nas próximas 2 semanas.


O guarda-redes Filipe Mendes (1ª foto) vai ficar parado durante 2 semanas, devido a uma subluxação no ombro esquerdo, sofrida no treino da passada segunda-feira. Com esta lesão Lázaro chamou Marco Medeiros, guarda-redes do juniores, para colmatar a ausência de Filipe Mendes, e juntando-se assim a Nélson e André Marques na preparação da equipa para o jogo do próximo sábado frente ao Rio Ave no José Gomes.


Quase certo que Marco Medeiros não integrará a lista de convocados dos séniores, visto que terá jogo do campeonato de juniores, e o na falta do segundo guarda-redes, neste caso Filipe Mendes, quem vai avançar para o banco de suplentes pela 2ª vez esta época após o jogo da Carlsberg Cup em Agosto, em Paços de Ferreira, é André Marques (na 2ª foto).

Movimento "SEMPRE TRICOLORES!"

Deixo, mais uma nota de esclarecimento por parte do Movimento Sempre Tricolores, em relação a esta situação da rejeição à convocação de uma assembleia geral para esclarecer a situação que o clube atravessa, e nada melhor que os próprios responsáveis do Movimento, que tem aqui o seu espaço no Blog, como todos os Estrelistas, mandaram-me uma nota, que passo de seguida a publicar:

"Caros Amigos,

Lamentando que, uma vez mais, a comunicação dos órgãos sociais em exercício com os Sócios do Estrela seja feita pelos Media, aguardamos que o Clube confirme oficialmente a notícia ontem divulgada pela Agência Lusa, reiterando a nossa total disponibilidade para tratar as irregularidades que nos sejam reportadas. Concretamente e por referência às declarações do Sr. Presidente da Assembleia Geral, queremos, caso a caso e até Sexta-Feira, respostas para questões como:

• Quais os motivos que fundamentam a classificação de algumas assinaturas como "incorrectas" ?

• A que mês/ano corresponde o último pagamento efectuado pelos "sócios que não tinham as quotas em dia" ?

• Em que data foram admitidos os "associados com pouco tempo de filiação" ?

Disponibilizada esta informação, trataremos de regularizar a situação com a máxima brevidade, no sentido de legitimar a realização do nosso objectivo.

Para o efeito, recordamos que, nos termos previstos nos Estatutos do CLUBE DE FUTEBOL ESTRELA DA AMADORA, a Assembleia Geral reúne extraordinariamente por "requerimento de pelo menos 250 sócios efectivos na plenitude dos seus direitos associativos, desde que contem com mais de um ano consecutivo de filiação" e que incorre na"perda de todos os direitos estatuários, o sócio que se atrase no pagamento das quotas por tempo superior a seis meses e que depois de notificado pela Direcção não regularize a sua situação no prazo de quinze dias ou, no mesmo prazo, não apresente para o atraso uma causa justificativa considerada satisfatória."

Informamos ainda que mais de 90% das 288 assinaturas apresentadas foram recolhidas em dias de jogo, no interior do Estádio José Gomes. Apesar dos requisitos transmitidos e do cuidado que revestiu esta iniciativa, não podemos naturalmente garantir a fiabilidade da totalidade dos dados, pelo que, na posse da referida informação, reconheceremos as comprovadas irregularidades e trataremos de as suprir, para efectivo cumprimento dos Estatutos.

A propósito e tendo em atenção que não foram exercidas pelo Sr.Presidente da Assembleia Geral, ao longo dos últimos anos, as competências estatutárias para a convocação das reuniões magnas que deveriam ter analisado/aprovado os respectivos Relatórios e Contas,convidamos o Sr. Dr. Andrade Neves a juntar a sua assinatura à petição Sempre Tricolores, presumindo que também ele deseja, tão breve quanto possível, a revelação em sede própria da real situação financeira do ESTRELA.

Comemorando-se o 77º Aniversário do CLUBE DE FUTEBOL ESTRELA DA AMADORA, fundado em 22 de Janeiro de 1932, aproveitamos a oportunidade para saudar todos os que o sentem como o seu Clube do Coração, conscientes de que a união da verdadeira Família TRICOLOR é essencial para vencermos os obstáculos no caminho.

Um Abraço
Sempre Tricolores"

sempretricolores@gmail.com

20/01/09

Petição dos Sempre Tricolores rejeitada!


Não amigos Estrelistas, não é nenhuma piada, nem é dia 1 de Abril (dia que parece que se repete várias vezes por ano no calendário de algumas pessoas que dirigem o nosso Estrela, infelizmente para o clube, jogadores, funcionários e para nós sócios e adeptos).

A petição do Movimento Sempre Tricolores que visava a realização de uma Assembleia Geral do Estrela, para esclarecimento da situação financeira, foi hoje rejeitada. Motivo(s) perguntam? Ora dr.Andrade Neves alegou que não aceitou a petição por haver "assinaturas incorrectas" e "quotas que não estavam em dia".

O presidente da Mesa da Assembleia Geral, Andrade Neves, disse à Agência Lusa que, após duas semanas de verificação das 250 assinaturas recolhidas, foram encontradas algumas irregularidades que não legitimam o pedido dos sócios, na sequência da situação de salários em atraso dos futebolistas profissionais.

"Depois da análise que se fez à petição, verificou-se que havia assinaturas incorrectas, sócios que não tinham as quotas em dia, bem como associados com pouco tempo de filiação" explicou Andrade Neves.

No entanto, e ficamos pro saber se diz a verdade, o dirigente acrescentou que haverá proximamente uma reunião dos Órgãos Sociais e que em Fevereiro se vai realizar uma AG para discussão do relatório e contas de 2003/04, que também servirá para "analisar a vida do clube".

O Movimento Sempre Tricolores já adiantou que vai tomar posição face a esta rejeição.

"Vamos pedir ao senhor presidente da Assembleia-Geral que nos faça chegar a informação detalhada dos casos irregulares. Depois, vamos encontrar o número de assinaturas necessárias para colmatar aquelas que falharam" garantiu fonte do Movimento.

A mesma fonte lançou o repto ao presidente da AG, convidando-o "a juntar a sua assinatura à petição, visto que também é do seu interesse ver a situação do clube resolvida".

Filipe Mendes lesionado.


O guarda-redes Filipe Mendes sofreu um traumatismo no ombro esquerdo, após uma queda aparatosa, que o obrigou a abandonar o treino de segunda-feira mais cedo, e fez com que o guardião não se treina-se esta terça-feira. Ainda relativamente a lesões N'Diaye e Daniel Mustafá estão em recuperação, o argentino até se tudo correr bem poderá ser já opção para sábado, para o encontro com o Rio Ave. Já N'Diaye, como é sabido ainda tem mais algum tempo de paragem pela frente, após fractura de um dedo do pé.


Vítor Vinha, voltou hoje a Inglaterra para treinar-se novamente à experiência no Bristol City, mas esta quarta-feira vai estar outra vez ás ordens de Lázaro, e ficando à espera da opinião dos ingleses sobre as suas qualidades e potencialidades para vingar no futebol inglês, de lembrar que o lateral esquerdo, e internacional sub-21 português, está pela Académica ao Estrela até ao final da época.

18/01/09

Reunião de Órgãos Sociais e AG marcadas.


O final do mês de Janeiro e o princípio de Fevereiro vão ser decisivos para o futuro do nosso clube. Finalmente foram marcadas as datas para a realização da reunião dos órgãos sociais e da assembleia geral extraordinária.

O nosso presidente, António Oliveira, vai reunir-se com os restantes órgãos sociais do clube já no dia 23 deste mês. O último encontro desta natureza teve lugar em Maio do último ano.

Depois da reunião dos órgãos sociais, a qual poderá trazer novidades importantes para o futuro do nosso clube, terá lugar uma assembleia geral extraordinária a 2 de Fevereiro. Esta AG foi pedida como todos sabemos pelo Movimento "Sempre Tricolores", a fim de apurar a real situação financeira do clube. São passos muito importantes para nós ajudar-mos o nosso clube a saír da situação delicada que se encontra, e todos unidos vamos conseguir!

EST.AMADORA Vs.Rio Ave - Sábado 24/01 - 16H!

O nosso Estrela regressa à competição no próximo sábado, onde vai receber no José Gomes um adversário directo na luta pela fuga à despromoção, o Rio Ave.

Por isso mesmo é uma partida de elevada importância para o nosso clube, na jornada (15ª) que marca o fim da 1ª volta da Liga Sagres.


Rio Ave que é o actual último classificado da Liga Sagres com 10 pontos, menos 3 que o Belenenses, e menos 2 que o Trofense, Paços de Ferreira e Vit.Setúbal, e já agora menos 6 que o nosso Estrela.

Os Vila-condenses mudaram à duas semanas de treinador, com a saída de João Eusébio e a entrada de Carlos Brito, que já passou pela Amadora como treinador do Estrela na época de 2000/2001. O jogo entre Est.Amadora e Rio Ave está marcado para o próximo sábado (24/01), com o pontapé de saída marcado para as 16h no José Gomes.

Programa da 15ª Jornada da Liga Sagres:

Sexta-feira - 23/01:
Marítimo Vs. Leixões - 18h30m (SportTV1)
Belenenses Vs. Benfica - 20h45m (SportTV1)

Sábado - 24/01:
Est.Amadora Vs. Rio Ave - 16h
Vit.Setúbal Vs. Naval - 16h
Nacional Vs. Sporting - 18h30m (SportTV1)
Sp.Braga Vs. F.C.Porto - 20h45m (RTP1)

Domingo - 25/01:
Trofense Vs. P.Ferreira - 16h
Académica Vs. Vit.Guimarães - 18h30m (SportTV1)

Entrevista de João Pedro Oliveira ao jornal Abola.

João Pedro Oliveira é médico do Estrela há 27 anos Apenas recebe ajudas de custoToma conta de tudo.


Perfil:

→ João Pedro Cunha Gonçalves de Oliveira:

Nome profissional: João Pedro Oliveira
Data de Nascimento: 16 de Dezembro de 1950
Naturalidade: Goa (português)
Profissão: Médico
Especialidade: Ortopedia

João Pedro Oliveira tinha acabado o curso de medicina há cinco anos. Em Santa Maria conheceu o enfermeiro Mário Veríssimo, que já então trabalhava no Estrela, e sabendo que o médico morava a escassos cem metros do estádio desafiou a trabalhar para o clube. Aceitou, nesse mês de Novembro de 1981. José Gomes, nome pelo qual foi entretanto, baptizado o estádio, era o presidente. José Torres o treinador. Os jogadores eram amadores, treinavam em horário pós-laboral. No departamento clínico havia uma marquesa, uma máquina de ultra-sons, toalhas quentes, sacos de gelo e parafinas. Sem experiência no desporto, João Pedro Oliveira teve a humildade de seguir os concelhos do enfermeiro Mário Veríssimo. E assim começou uma história que dura há 27 anos.

É no hospital de S. José e no hospital militar que este médico ortopedista é remunerado. Sim, porque no Estrela apenas ajudas de custo de há uns anos a esta parte. João Pedro Oliveira não gosta de abordar o assunto. Tem receio de parecer lamechas e não acha que tenha razões para se queixar. Mas então o que o faz correr?

“O amor à camisola. Gosto mesmo muito do Estrela, das pessoas, do estádio, de tudo. Além de que a medicina desportiva é mais gratificante para um médico. Porque tratamos pessoas que querem de facto recuperar o mais depressa possível. Somos dois a puxar muito para o mesmo lado e a relação médico/paciente é de absoluta confiança”, frisa.

Tensão com treinadores.

Em 27 anos muito mudou. Os meios técnicos, a aposta na prevenção de lesões, os conhecimentos. Quase todos os anos vai ao estrangeiro, a expensas próprias, para congressos de medicina desportiva, e até a relação com os treinadores, nem sempre pacífica no passado, melhorou muito.

“Vivi momentos de tensão com alguns, em especial os da velha guarda, quando insisti que nem todos os jogadores devem fazer o mesmo tipo de trabalho físico, que dois jogadores de posições ou idades diferentes necessitam de uma abordagem específica”, lembra. Além disso, “o papel do médico é proteger o paciente, ou seja, o jogador, não é servir o treinador apressando as coisas ou sendo pouco rigoroso”.

Cenários que mudaram com os tempo e a chegada de novos treinadores. Tirando alguns, “as relações com as pessoas que passaram pelo Estrela sempre foram as melhores”, salientando, dos que já saíram, os ex-dirigentes José Gomes, Marques Pedrosa, Pedro Santos e o ainda enfermeiro Estrelista Mário Veríssimo.

Pau para toda a obra.

Vários médicos já passaram pelo Estrela. Houve uma fase em que ainda tentou formar um sucessor. Mas todos acabaram por ir saindo, parte deles por não receber. Entre todos, uma palavra especial para Bento Leitão, que esteve na Amadora mais de uma década. João Pedro Oliveira ajudou na formação de alguém que conhecia desde a escola primária. O Benfica foi buscá-lo e foi com pena, e orgulho, que João Pedro Oliveira o viu partir.
Hoje está só no clube (outros médicos colaboram generosamente nas suas especialidades) e é responsável pelo futebol profissional, formação (onde elogia a inestimável colaboração dos massagistas Horta de Brito e Amadeu) e modalidades.

Nunca teve fins-de-semana, a mulher e os três filhos acabaram também por ser sacrificados. Aos 58 anos é cedo para pensar em deixar o clube?
“Eu gosto mesmo muito do Estrela”, desabafa…É preciso dizer mais alguma coisa?

Curiosidades:

Sempre mudo no banco: → Durante um jogo, um lateral do Estrela ganhou a bola e tinha o corredor à mercê. João Pedro Oliveira gritou: sobe, sobe... O treinador era Joaquim Meirim, que disse, rispido: "Amanhã sou eu que dou as injecções...". O médico engoliu em seco e passou a estar mudo e estático no banco. Nem os golos celebra. O que começou a ser protesto, hoje é "uma fé".

Contra a "fita" dos jogadores: → Se há coisas que lhe mexe com os nervos são as simulações de lesões, em especial nos minutos finais e quando a equipa está a ganhar. "Irrita-me chegar ao pé do jogador e ele piscar-me o olho a dizer que está a doer... É um desprestígio para um médico pactuar com isso. Depois, obrugam-me a correr que nem um desalmado e, depois, é tudo fita? Sou o primeiro a dizer: levanta.te, deixa-te disso, nem espero que o árbitro diga..."

Um susto de nome Cleiton: → Há quase dois anos o jogador Cleiton deixou a Reboleira com dores de cabeça. Perdeu a fala e a mobilidade dos membros inferiores quando chegou a casa. Um acidente cardio-vascular fez temer o final de carreira. Felizmente recuperou, mas João Pedro Oliveira lembra este como "o caso mais delicado" em 27 anos. "Os jogadores são a minha prioridade. Antes de funcionário do Estrela sou médico deles."

P.S: Conto em breve, poder igualmente transcrever aqui no Blog a entrevista de Augusto Santos, mais conhecido no mundo Tricolor por Cuca, também ao jornal ABola do passado sábado.

Superar a melhor pontuação dos últimos nove anos.

O Est.Amadora está a um jogo de poder superar a melhor pontuação (e classificação) dos últimos 9 anos, no escalão máximo do nosso futebol. Se alcançarem, pelo menos, um empate na recepção ao Rio Ave (foto do último confronto entre Amadorenses e Vila-condenses na época 2005/2006 que terminou empatado sem golos) no próximo sábado (16h), o nosso clube atinge 17 pontos, isto é, mais um que a melhor marca alcançada nas três épocas anteriores (entre 2005/06 e 2007/08, nas quais somaram, precisamente, 16 pontos em 15 jogos).

Um registo apenas superado na era Jorge Jesus, em 1999/2000, quando os Tricolores ocupavam a 7ª posição, com 24 pontos. É caso para se afirmar e que não está ao alcance de quaisquer uns, que nem as convulsões geradas pelos problemas que o clube tem atravessado últimamente, que ditaram a mudança na equipa técnica com a saída de Lito Vidigal e a promoção de Lázaro a treinador principal, têm tido reflexos negativos no bom desempenho Tricolor na primeira metade da época.

15/01/09

Tengarrinha a central no seu 1º jogo.

Tengarrinha estreou-se esta quarta-feira com a camisola do Estrela, apesar de ter sido em jogo particular, que decorreu no campo Eng.Carlos Salema em Marvila, com o Oriental, jogo em que o nosso Estrela saíu vencedor por 1-0 com o golo Tricolor a ser apontado pelo avançado argentino Gonzalo Garavano na 2ª parte do encontro.

O novo reforço Tricolor entrou na 2ª parte do encontro para alinhar no centro da defesa. Lázaro neste encontro aproveitou também para observar 3 juniores e colocou-os a jogar. Esta situação vai acontecer mais vezes esta época visto que Lázaro quer apostar forte na formação Estrelista.

Entretanto, N'Diaye e Daniel Mustafa continuam a recuperar de problemas físicos e ainda não integraram os trabalhos. Celestino, Vítor Moreno e Nélson fizeram apenas corrida, já que na véspera apresentaram queixas, com algumas mialgias.

13/01/09

Tengarrinha já fala à ESTRELA.

Bernardo Tengarrinha, primeiro reforço de inverno do Estrela, cedido por empréstimo pelo F.C.Porto, foi a estrela do treino na manhã desta terça-feira do plantel Tricolor que decorreu no Monte da Galega, uma vez que foi o primeiro que realizou com a camisola do nosso Estrela.

O jogador, de 19 anos, faz questão de salientar, desde logo, que é "médio de raiz, embora também possa alinhar a central" mas rejeita, de imediato, actuar como lateral direito, reconhecendo: "não sei, não consigo e não gosto".

Sem papas na língua, Tengarrinha salienta que conhecer alguém, como são os casos de Nuno André Coelho e de Jorge Monteiro, é um ponto a favor, pois "têm ajudado bastante até para entender o funcionamento do clube". E elogia os restantes elementos do plantel: "desde o primeiro minuto que têm sido fantásticos comigo".

A concluir, reconhece e deixa mensagem aos sócios e adeptos Tricolores enquanto envergar a camisola do Estrela: "o objectivo é voltar ao FC Porto na próxima época e jogar. Até lá, prometo trabalhar imenso para ajudar o Estrela.”"

Celestino melhor jovem do mês de Dezembro.

O nosso médio Celestino, foi distinguido pelo Sindicato dos Jogadores, como o melhor jovem no último mês de Dezembro a actuar na Liga Sagres. Celestino recebeu o prémio hoje no Estádio José Gomes, após o treino da manhã e o primeiro da semana após dupla folga do plantel Tricolor.

O internacional sub-21 disse que este é um "presente de aniversário [completou 22 anos dia 2] e um reconhecimento pelo trabalho" que tem efectuado no Estrela. Celestino fez questão de partilhar o prémio com os restantes companheiros.


O nosso camisola 20, na corrida por este galardão, suplantou Rui Patrício, do Sporting, e Hélder Barbosa, do Trofense.

Classificação:

1º Celestino (Est.Amadora)
2º Rui Patrício (Sporting)
3º Hélder Barbosa (Trofense)
4º Daniel Carriço (Sporting)
5º Bruno Gama (Vit.Setúbal)
6º Tiago Pinto (Trofense)
7º Vítor Gomes (Rio Ave)
8º Miguel Lopes (Rio Ave)
9º Miguel Vítor (Benfica)
10º Bruno Pereirinha (Sporting)

Parabéns Cristiano Ronaldo!

11/01/09

Resumo do Vit.Guimarães 0-0 EST.AMADORA.

Reacções de Lázaro e Silvestre Varela.


Lázaro: "As melhores situações foram nossas".

"Fizemos o nosso jogo, mas estivemos bem. As melhores situações pertenceram-nos e até poderíamos ter marcado e ganho o jogo. Demonstrámos, mais uma vez, que possuimos excelente profissionais."

"Os problemas não têm sido fáceis, mas a melhoria dos resultados desportivos permite-nos encarar com mais optimismo o futuro. Com os jogadores que temos nas alas criámos boas situações, mas o Vitória tem um excelente plantel e a divisão de pontos é aceitável."


Silvestre Varela: "Com um bocado de sorte podíamos ter ganho".

"Acho que estamos de parabéns, porque lutámos até ao fim e, com um bocado de sorte, podíamos ter saído daqui com uma vitória. Fizemos um bom jogo, mas o resultado ficou aquém do que queríamos."

Vit.Guimarães 0-0 EST.AMADORA.

Mais um grande jogo do nosso Estrela, onde o resultado para uma equipa que jogou sempre mais e procurou a vitória, que teve as melhores e únicas ocasiões de golo quase, o empate é manifestamente pouco. Um Estrela que esteve em grande em Guimarães e com mais sorte, tal como disse Silvestre Varela no final do encontro, teria saído e justamente com os 3 pontos de Guimarães.

Um Estrela que jogou com muita tranquilidade e segurança, a criar oportunidades, e até a dominar mais que a formação do Vitória em vários momentos de jogo, Vitória que nunca conseguiu causar grandes problemas ao sector mais recuado Tricolor. Quando depois de uma primeira parte equilibrada e sem grandes oportunidades, a segunda parte esperava-se que o Vitória mudasse um pouco, porque era a equipa com mais obrigação, a jogar em casa perante o seu público, mas para surpresa de muita gente (ou não), foi o Estrela a surgir muito melhor do segundo tempo de jogo.


Destaque para o melhor homem em campo, o grande Silvestre Varela, que jogão senhor, sempre que pegava na bola semeava o pânico na equipa Vitoriana, que já não o sabia parar a não ser recorrer à falta. Destaque para o minuto 50, onde surge uma das melhores ocasiões de golo, S.Varela com uma jogada magnifica na esquerda do ataque Tricolor, passa por vários jogadores da equipa adversária cruza e Anselmo e Pedro Pereira pro pouco que não cosneguem a emenda. Minuto 65, nossa senhora nos valha Estrelistas, Jardel falha um golo só com Nilson pela frente e completamente sozinho, com tempo e espaço para fazer o golo. Ao minuto 72 após cobrança de um canto, um tiro de Fernando Alexandre que levava selo de golo, Nilson fez a defesa da noite a segurar o empate para o Vitória de Guimarães.


Bem meus amigos, o primeiro de dois testes do Estrela em Guimarães, no primeiro passou claramente, e só sai com nota 20 por muito pouco, dia 29 novo regresso a Guimarães para os Quartos da Taça de Portugal, com a mesma raça e bom futebol, e com um pouco mais de sorte, as meias finais podem nos esper, mas primeiro há que pensar no Rio Ave, último jogo da primeira volta da Liga Sagres. FORÇA ESTRELA!!!!

Liga Sagres - 14ª jornada:
Estádio: D.Afonso Henriques, em Guimarães.
Espectadores: 11.500
Árbitro: Vasco Santos (A.F.Porto)

Vit.Guimarães 0-0 C.F.Est.Amadora:

Vit.Guimarães: Nilson; Lionn (Carlitos 56m), Gregory, Moreno e Mohma (Fajardo 70m); Luís Filipe, Wênio, João Alves e Nuno Assis; Desmarets e Roberto (Lucas 43m).

Suplentes não utilizados: Nuno Santos, Marquinho, Danilo e Andrezinho.

Treinador: Manuel Cajuda.

C.F.Est.Amadora: Nélson; Hugo Gomes, Luís Vidigal, Nuno André Coelho e Vítor Moreno; Marcelo Goianira, Celestino (Jardel 60m), Fernando Alexandre; Pedro Pereira (Marco Paulo 73m), Silvestre Varela e Anselmo (Rui Varela 81m).

Suplentes não utilizados: Filipe Mendes, Hugo Carreira, Vítor Vinha e Ney Santos.

Treinador: Lázaro Oliveira.