08/02/09

EST.AMADORA 0-0 Vit.Setúbal.

Mais 2 pontos perdidos pelo nosso Estrela está época 2008/2009. Depois do jogo com o Marítimo em casa (0-0), com o Vit.Guimarães no D.Afonso Henriques (0-0) e agora novamente em casa com o Vit.Setúbal (0-0). O Estrela com estes 3 jogos que merecia ter ganho e fez mais por isso ,acaba por empatar e assim ter menos 6 pontos, o que se traduzia em 27 pontos, e não nos actuais 21.

Num mau jogo de futebol, verdade seja dita, mas também a culpa principal de ter sido um mau jogo de futebol fica a cargo do Vitória de Setúbal, que durante 90 minutos só defendeu, defendeu, defendeu... Bem podiam ter dado uma cadeirinha e um jornal para Nélson se entreter para evitar a sonolência que parecia mostrar nas reposições de bola e na forma como saía da área para se limitar a tocar no esférico para os companheiros.

Em relação ao jogo de Coimbra com a Académica, Lázaro promoveu 2 alterações na equipa, com as saídas de Vítor Vinha e Jardel, para a entrada de Vítor Moreno e Celsinho, e que alterações infelizes por parte do nosso treinador, não por sua culpa, mas sim dos atletas em questão. Celsinho continua a desperdiçar oportunidades, só joga para si e o resto não interessa, para o ano o Sporting espera por ele...mas talvez seja o da Covilhã. Vítor Moreno, não tem culpa, mas não tem pé esquerdo, os cruzamentos com esse pé são sempre defeituosos, passes mal feitos tanto no meio campo ofensivo como no defensivo, muitos erros no jogo de ontem. Uma exibição também menos conseguida foi a de Anselmo, muita falta desnecessária, e sempre muito marcado pelas torres Sadinas (Robson, Auri e Zoro), mas lutou sempre muito, isso não há nada apontar ao nosso camisola 9. Dou nota de destaque à estreia de Bernardo Tengarrinha, muito bom jogo do jovem cedido pelo F.C.Porto ao Estrela, que ao lado de Nuno André Coelho (patrão da nossa defesa, sem dúvida), igualmente cedido pelo F.C.Porto, fizeram um grande jogo apesar de não terem tido situações muito complicadas para resolver.

Um jogo sem muitas ocasiões de golos, somente 4 e que se descrevem facilmente, três delas pertencentes ao nosso Estrela, e a outra como é natural, ao Vitória de Setúbal. A 1ª, corria o minuto 55, S.Varela fugiu na esquerda do ataque Tricolor, tirou cruzamento e Pedro Pereira sozinho ao 2º poste cabeceia de forma incrivel ao lado da baliza de Milojevic. A 2ª, cruzamento na direita de Hugo Gomes e Rui Varela sozinho na zona de penalty atirou fraco para as mãos do guardião Sadino, guardião Sadino que mesmo em cima do minuto 90, num canto à maneira curta, Silvestre Varela finta André Marques e remata cruzado e a defesa da tarde para Milojevic que evita o que já muitos na bancada gritavam (golo). A oportunidade Sadina foi já no último minuto de compensação num livre descaído na direita cobrado por Bruno Ribeiro, que Nélson teve de se aplicar para evitar o golo do Vitória. Logo de seguida o final do encontro, com o Vitória a saír muito mais contente do relvado do José Gomes com o seu objectivo atingido, não perder com o Estrela. Na próxima jornada o nosso Estrela vai se deslocar à ilha da Madeira para defrontar o Marítimo no Estádio dos Barreiros, antes de ir a Guimarães discutir a passagem ás meias-finais da Taça de Portugal Millenium com o Vitória Minhoto. FORÇA ESTRELA!!!!

Liga Sagres - 17ª jornada:
Estádio: José Gomes, na Amadora.
Espectadores: 1200.
Árbitro: Vasco Santos (A.F.Porto)

C.F.Est.Amadora 0-0 Vitória.F.C:

Golo(s): -

C.F.Est.Amadora: Nélson; Hugo Gomes, Nuno André Coelho, Bernardo Tengarrinha e Vítor Moreno; Marcelo Goianira, Fernando Alexandre e Celsinho (Jardel 72m); Pedro Pereira (Rui Varela 62m), Silvestre Varela e Anselmo (Vítor Vinha 79m).

Suplentes não utilizados: André Marques, Nélson Pedroso, Ney Santos e Marco Paulo.

Treinador: Lázaro Oliveira.

Vitória.F.C: Milojevic; Janício, Marc Zoro (Carrijo 65m), Auri, Robson e André Marques; Ricardo Chaves, Elias (Laionel 73m) e Bruno Ribeiro; Paulo Regula e Joeano (Hugo 67m).

Suplentes não utilizados: Kieszek, Bruno Gama, Leandro Lima e Mateus.

Treinador: Carlos Cardoso.

5 comentários:

Anónimo disse...

Se não fossem esses pontos perdidos estariamos mais tranquilos na tabela e a pensar em outros objectivos não tenho dúvidas, e até iam surgir outros patrocinadores e investidores no nosso clube é por isso que devêmos ter a maior visibilidade possivel, pode ser que apareça aí um arabe qualquer que gaste a fortuna cá na Amadora =D

Mereciamos ter ganho mas o Vitória teve a sorte do seu lado em não sofrer, agora é pontuar na Madeira e depois recebemos o Nacional, e se aí vencermos será muito importante para a manutenção...no meio temos a "batalha" da Taça de Portugal, acreditem rapazes!

FORÇA ESTRELA!

Carlos Oliveira disse...

Pessoal não há que desanimar,foram 2 pontos perdidos mas foi mais um jogo conseguido.

O Vitória até metia pena, tudo recuado, mais parecia uma muralha do que uma equipa de futebol.

O Estrela fez mais uma exibição segura, há que louvar isso, s'o nao ganhou por infelicidade.

Melhor sorte virá com certeza amigos estrelistas.

JPS disse...

Há muito tempo que não passava um "Autocarro" destes pelo Estádio José Gomes ! Triste ...

Celsinho continua a deitar fora oportunidades.

Apesar de tudo, somámos 1 ponto ...

Força ESTRELA !!!

Anónimo disse...

dois pontos perdidos ou um ponto ganho? no fim do campeonato veremos! este setubal nao joga patavina! o nosso estrela tb nao esteve lá mto bem mas pronto mesmo assim fomos superiores!

Anónimo disse...

DIVISAO DE PONTOS NUM JOGO POUCO APETECIVEL NESTE SABADO NO JOSE GOMES DA REBOLEIRA,PELO SISTEMA TATICO TRAZIDO PELO VITORIA DE SETUBAL, BUSCANDO ACIMA DE TUDO CONSEGUIR LEVAR RESULTADO QUE TRAGA OUTRA ALMA PARA OS LADOS DO BONFIM.AINDA FALTA MUITO CAMPEONATO E NOSSOS PROFISSIONAIS VAO CERTAMENTE ATINGIR OBJECTIVO PROGRAMADO, MANUTENÇAO NA LIGA PRINCIPAL DO FUTEBOL PORTUGUES......SOCIO...5O8...VAZ CASACA.............................